Kakeru Manabe é um personagem secundário de Fruits Basket. Ele é o meio-irmão mais velho de Machi Kuragi e o namorado de Komaki Nakao.

Manabe atua como vice-presidente do conselho estudantil durante a presidência de Yuki Sohma. Ele é muito animado e, às vezes, afirma que o conselho estudantil é uma "Força de Defesa Escolar" ao estilo Power Rangers/Super Sentai. Foi ele que inventou o apelido "Yunyun" para Yuki.

Embora inicialmente Yuki não gostasse dele, pois lembra-o de seu irmão mais velho e Kyo Sohma, os dois logo se tornaram melhores amigos.

Em Fruits Basket Another, ele é casado com Komaki e pai de Michi Manabe e Kou Manabe.

Aparência[editar | editar código-fonte]

Kakeru é um jovem de porte e altura médios. Ele tem olhos castanhos claros e cabelos castanhos escuros, ligeiramente espetados, chegando até a nuca. 

Ele é frequentemente visto usando seu uniforme da Kaibara High School com um suéter por cima.

Personalidade[editar | editar código-fonte]

Segundo Komaki, Kakeru costumava ser uma pessoa inacessível devido à pressão da rivalidade pela herança de seu pai. Ele foi forçado a desempenhar um papel perfeccionista quando criança, o que o deixou frio e hostil.[1]

No entanto, quando Kakeru finalmente desistiu da herança, repentinamente ele se tornou a pessoa que Yuki conhece.

Ele é retratado como alguém muito preguiçoso, carismático e energético. Essas características fazem Yuki lembrar de seu irmão mais velho[2], Ayame Sohma, a quem Kakeru se refere como "comandante"[3]. Yuki também compara a personalidade e a capacidade social de Kakeru com a de Kyo Sohma.[4]

Kakeru é expressivo e muito emotivo. Ele está sempre inquieto, descontraído e alegre, sempre procurando sorrir. Manabe adora cochilar e brincar quando deveria estar trabalhando no conselho e está convencido de que o conselho estudantil é a "Força de Defesa Escolar que deve proteger os estudantes das forças do mal".

Ele constantemente provoca outras pessoas, por exemplo: chamando Yuki por "Yunyun" ou "princesa", além de provocar Machi por ter uma queda por Yuki. Kakeru também é bastante excêntrico e, como observado por Yuki, ele pode dizer coisas idiotas com uma cara séria, o que choca as pessoas ao seu redor.

Embora ele aparenta estar constantemente feliz e alegre, Kakeru menospreza a si mesmo várias vezes, possui uma forte intuição e pode ficar sério quando achar necessário. Ele faz o melhor para ajudar as pessoas com quem se importa, mas a maneira como se expressa pode parecer rude e ignorante. 

Sua personalidade mente aberta e sua vontade de sempre procurar colocar-se no lugar das outras pessoas para que possa ver as coisas da mesma perspectiva são fatores que explicam do porquê Yuki, mais tarde, é capaz de confiar nele e se tornar seu melhor amigo.

História[editar | editar código-fonte]

Kakeru foi o fruto de um caso entre seu pai e uma amante, enquanto Machi era a filha mais nova e nasceu da esposa legal. Como o seu pai é muito rico, as mães discutiam constantemente sobre quem seria o herdeiro da fortuna da família.[5]

Por causa de sua mãe, Manabe foi forçado a ter uma rivalidade com Machi desde muito jovem e, portanto, não tinha tempo para mais nada. Isso tornou Kakeru muito frio, distante, impetuoso e hostil, um forte contraste com seu eu habitual. 

Esse comportamento foi mais perceptível na escola. Komaki comenta que Kakeru era introvertido e muito difícil de aproximar. Ela estava apaixonada por Kakeru desde esse período, mas não confessou seus sentimentos[1].

No entanto, de repente, Kakeru percebeu o quão estúpida era a disputa pela herança de seu pai e disse a sua mãe que não participaria mais dela. Ela entendeu seu raciocínio, então os dois se retiraram da competição.[5]

Depois desse evento, Kakeru mudou e tornou-se alguém alegre e pateta para a surpresa de seus colegas e professores. Durante esse tempo, ele também percebeu que amava Komaki e que seus sentimentos eram mútuos, então eles se tornaram um casal[1]

Com o fim da competição entre eles, Kakeru sente que precisa cuidar de sua irmã mais nova, uma vez que sente que ela foi tratada injustamente.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. 1,0 1,1 1,2 Fruits Basket, capítulo 113
  2. Fruits Basket, capítulo 49
  3. Fruits Basket, capítulo 72
  4. Fruits Basket, capítulo 73
  5. 5,0 5,1 Fruits Basket, capítulo 81
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.