FANDOM


Saki Hanajima, apelidada de Hana, é uma personagem secundária em Fruits Basket. Ela é uma das melhores amigas de Tohru Honda

Hana é retratada como sendo alguém muito perspicaz e se comporta de maneira impassível. É considerada assustadora por suas colegas de escola e usa essa sua reputação para proteger Tohru do Fã Clube do Príncipe Yuki. 

Com sua outra melhor amiga Arisa Uotani, Saki jurou no túmulo de Kyoko Honda cuidar de Tohru.

Saki é uma garota psíquica que tem a capacidade de sentir as "ondas" das pessoas e enviar ondas elétricas. Ela teve problemas para controlar suas habilidades quando era jovem e se culpou pelo colapso quase fatal de um garoto que a estava intimidando. 

Tohru foi a primeira pessoa na escola que realmente a aceitou, o que a ajudou a ganhar o controle de seus poderes.

Em Fruits Basket: Another, Saki é casada com um estrangeiro e a mãe de Rio Mosca.

Aparência Editar

Saki é uma adolescente de pele clara e de altura média. Apesar de sua aura intimidadora, ela é considerada muito bonita pelas pessoas ao seu redor. 

Ela tem olhos roxos e cabelos pretos compridos e ondulados que vão até os seus quadris. Ela geralmente deixa-o desamarrado, mas, quando vai para a escola, faz uma trança.

Saki é frequentemente vista em seu uniforme escolar. Fora da escola, ela só usa roupas pretas.

Hana gosta de elegantes vestidos pretos, véus e uma capa preta que combina com a do seu irmão mais novo, Megumi. Ela também usa esmalte preto. Embora fale que use roupas dessa cor para demonstrar sua culpa, mais tarde ela admite que agora gosta genuinamente de roupas pretas e se sente confortável usando elas.

Personalidade Editar

Saki é naturalmente uma solitária que inicialmente quase se isolou completamente dos outros devido a suas experiências passadas. Ela tinha auto-aversão a tal ponto que passou a maior parte de sua infância se punindo, pois acreditava que merecia ser intimidada e ostracizada pelo que havia feito. Quando Tohru e Arisa fazem amizade com ela, ela começa a se perdoar e ganhar mais confiança.

Saki emite uma aura muito distante, misteriosa, silenciosa e assustadora. Embora seja educada, ela fala muito pouco e quando fala com pessoas que não são amigas, é muito franca e não tem medo de confrontar as pessoas de frente. 

Por outro lado, ela pode ser bem-humorada e tende a tirar sarro de pessoas. Ela também é estóica, sempre monótona e raramente emocional, ela apenas mostra seu sorriso para as pessoas mais próximas. 

Na verdade, Saki não se importa com os rumores sobre ela, porque ela sabe que tem pessoas que a valorizam por quem ela é. Hana é muito madura para sua idade e é extremamente equilibrada. 

Por causa de seus poderes, Hanajima é incrivelmente perspicaz, pois aprende coisas que ninguém mais sabe e pode fazer coisas que ninguém mais consegue.

Por outro lado, Saki pode ser bastante preguiçosa, preferindo apenas relaxar, a ponto de seu plano de vida após o ensino médio ser apenas reunir a motivação para se graduar. Ela falha nos testes da escola de propósito, porque os testes de recuperação são mais fáceis. Ela também não gosta de exercícios físicos e tende a ser bastante dramática para escapar dos testes de aptidão física de sua escola. 

Ela prefere apenas ler um livro ou jogar jogos de cartas. Embora esconda seus interesses muito bem, comida e Tohru estão em sua mente na maior parte do tempo. Sua maior fraqueza, segundo ela, sempre será Tohru.

Saki também parecia gostar de Kazuma Sohma e Kyo despreza o pensamento dela e de seu pai adotivo juntos. Ela também é muito amigável com os outros Sohmas e apelidou Akito Sohma de "Ah-chan" ao saber que ela é uma mulher e não um homem. 

Apesar de sua natureza bastante reservada, Saki mostra-se bastante popular entre os meninos de sua classe.

História Editar

Saki Hanajima nasceu com o poder de ondas elétricas e é a primeira pessoa em sua família com esse poder. Usando ele, Saki foi capaz de ouvir as vozes internas de sua família e de outras pessoas. 

Apesar desse fenômeno incomum, seus pais, irmão e avó são extremamente amorosos com ela, especialmente quando ela estava sendo intimidada na escola. Eles também não se incomodam com os poderes dela. 

Um dia na escola, um garoto queria fazer Saki comer tritões vivos, porque foi dito que as bruxas os comiam. Quando Saki recusou, eles a seguraram e tentaram forçar ela a comer. 

Completamente enfurecida, Hanajima começou a odiar o garoto e até desejou de todo o coração que ele morresse. De repente, o garoto desmaiou e Saki descobriu as suas ondas elétricas. Ela se sentiu extremamente culpada depois disso e sabia que era culpa dela que ele desmaiasse. 

Todo mundo acreditava que Saki, "a bruxa", havia amaldiçoado o garoto e tudo que deu errado foi culpa dela. Seus pais, avó e irmão, no entanto, ainda a apoiavam incondicionalmente. Megumi orou por alguém para ajudar Saki, ser amiga dela e amá-la.

No ensino médio, Saki começou a usar nada além de roupas pretas e esmalte preto, sendo esta uma maneira de mostrar sua culpa por suas ações passadas. Seus professores ficaram descontentes, mas Saki não se importou. 

Hana também tinha uma péssima reputação e, embora as pessoas a odiassem, elas a ignoraram e a distanciaram porque tinham medo de seus poderes. Ela estava contente com isso, em parte porque ela não queria se envolver com as pessoas, e em parte porque ela não queria machucar mais ninguém.

Embora tentasse evitar pessoas, rumores e suposições sempre a alcançavam. Um dia, suas colegas de classe prenderam o seu braço e o queimaram, pois estavam curiosas sobre a extensão de suas "ondas". 

Quando um professor interrompeu, as meninas afirmaram que estavam apenas tentando impedir Saki de aparentemente se auto-flagelar. Saki quase usou suas ondas elétricas nesse grupo de garotas, mas ela foi capaz de se conter. Após esse incidente, a família de Saki decidiu se mudar e começar uma nova vida.

Quando Saki se transferiu para sua nova escola, ela conheceu Tohru Honda no almoço, quando lhe deu comida extra. O fato dela estar sempre sorrindo e ser muito educada chamou a atenção de Saki, mas ela pensou que Tohru era um pouco estranha. Enquanto caminhava para uma mesa, Arisa Uotani convidou Saki para sentar com ela e Tohru, pois sabia que Hanajima se sentaria sozinha e não queria isso. 

Embora Saki tenha avisado que não queria se enturmar, Tohru e Arisa insistiram em ser amigas dela. Depois de passar um tempo com Arisa e Tohru, Saki se tornou amiga delas e elas formaram um grupo de amigas.

No entanto, pouco tempo depois, as duas meninas descobriram as ondas elétricas de Saki e o incidente com o garoto na escola primária. Quando ela se lembrou do incidente, ela acidentalmente disparou suas ondas elétricas em uma de suas colegas de classe. 

Assustada, Saki fugiu de Tohru e Arisa. As duas a seguiram até Saki lhes dizer para ficarem longe dela. Ela pediu desculpas por não ter contado sobre as onda a elas e novamente disse  para ficarem longe, porque não queria machucar ninguém. 

Tohru ignorou o pedido de Saki e disse que elas haviam se aproximado demais para desistir. Arisa então disse a Saki que elas a queriam de volta, mas cabia a ela dizer se ficaria com elas ou não. Hanajima decidiu continuar sendo amiga delas. As três são um grupo unido desde então.

Por causa de seu novo apoio encontrado em Tohru e Arisa, assim como em sua própria família, Saki acabou aprendendo a controlar seus poderes.

Referências Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.